#AbrilVerde | Amapergs Sindicato participa de evento alusivo ao Dia Internacional em Memória às Vítimas de Acidentes do Trabalho

por Marcos Correa

A não observância de protocolos de segurança, falta de equipamentos de segurança e exaustão provocam 700 mil acidentes de trabalho por ano em todo o país. No caso das atividades relacionadas com segurança publica esses acidentes podem ser fatais. De 2012 a 2016, foram 13,3 mil mortes.

Amapergs Sindicato participou na manha de hoje (27) de evento promovido pelo COGE – Comitê Gestor de Segurança e Saúde em parceria com a Escola do Serviço Penitenciário no auditório do DCCI (2º andar da SSP). O evento alusivo ao movimento Abril verde que tem como intuito promover a consciência dos trabalhadores públicos e privados a favor da saúde e a segurança no exercício de suas atividades laborais e visando diminuir a crescente ocorrência de acidentes em decorrência de não observação de protocolos básicos de segurança para cada atividade profissional – muitos deles fatais. O mês de abril foi escolhido para conscientização por conter duas datas importantes para o tema: Dia Mundial da Saúde (7) e Dia Internacional em Memoria às Vitimas de Acidentes de Trabalho (28).

WhatsApp Image 2018-04-27 at 13.45.11

O encontro contou com as palestras do inspetor-chefe da comunicação da Polícia Rodoviária Federal, Alessandro Castro; do membro da Diretoria Executiva da AMAPERGS SINDICADO o servidor penitenciário, Leandro de Oliveira; e das servidoras penitenciárias Alessandra Cabral Sperling e da representante da Amapergs Sindicato no COGE Débora Oliveira. Alem da presença do Superintendente da Susepe, Angelo Carneiro.

WhatsApp Image 2018-04-27 at 12.24.43

O palestrante e diretor da Amapergs, Leandro de Oliveira emocionou a plateia ao tratar o tema que, como é sabido de todos, é muito caro a ele. Pois, foi vitima de um acidente e é um exemplo de superação para categoria. Por isso faz questão de por onde passa, alertar os colegas dos motivos que abreviaram sua carreira no Estado, na atividade fim: “o primeiro acidente que sofri no Estado foi com a VTR da BM em 2004 quando era policial e ela estava com 3 tipos de pneus, um 165 outros 175 e 185. Mas o acidente que me deixou na cadeira de rodas e vitimou o colega Taylor, foi em 2011 e segundo a perícia, uma das causas foi o excesso se velocidade.” Relembrou a importância para os servidores da SUSEPE do famoso GALOPE ( Gasolina, aguá, luzes, óleo, pneus e estepe), e enfatizou: “quando o sindicato luta pelo servidor insistindo na operação padrão ele não quer que o servidor se oponha ao governo ele quer que o servidor exija que o governo cumpra o que está previsto em lei e que é a unica proteção e segurança jurídica para o servidor”.

WhatsApp Image 2018-04-27 at 13.17.03

Amapergs Sindicato, em nome dos servidores penitenciários gaúchos parabeniza todos os envolvidos na realização e promoção deste importante espaço de reflexão dentro do sistema prisional gaúcho e aproveita a oportunidade para frisar a disposição desta entidade de, sempre que possível, desprender esforços conjuntos e que tenham como finalidade o bem da categoria e demais responsáveis pelo complexo, transversal e multidisciplinar processo de execução penal.

#AmapergsNaLuta

Curta!